Sindseg SC

Conheça a importância do capacete para o motociclista

12/04/2018

Somente no primeiro trimestre de 2018, 4.578 motociclistas morreram no trânsito brasileiro. Outros 50.469 adquiriram sequelas permanentes. Os dados são da edição de março do Boletim Estatístico da Seguradora Líder, importante instrumento que ajuda a dimensionar a extensão dos danos causados pela violência no trânsito em todo o país. Mas o que podemos fazer para alterar essa realidade, pessoal? É bem simples: adotar, de forma urgente, medidas de segurança, como o uso do capacete. E é justamente para bater aquele papo sobre a importância desse equipamento que escrevemos esse post. Vem que só tem dica boa! ;)

Obrigatoriedade do uso: uma linha do tempo

A obrigação do uso do capacete surgiu juntinho com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em 1997, galera. Desde então, para circular nas vias públicas, seu uso é obrigatório tanto para condutor quanto para passageiro da motocicleta, motoneta, ciclomotor, triciclo e quadriciclo motorizados, devidamente afixado na cabeça pela cinta jugular e engate por debaixo do maxilar inferior. Em 2013, o uso do capacete ganhou novas vertentes: a Resolução nº 453/2013 veio para disciplinar o seu uso, estabelecendo quais modelos são permitidos e quais são proibidos. Um exemplo bem bacana que veio depois dessa Resolução são os capacetes do tipo "coquinho", proibidos pela legislação, que não atendem os requisitos mínimos de segurança.

Eficácia comprovada através dos números

É isso aí! Estudos que avaliaram a eficácia dos capacetes demonstraram que seu uso previne cerca de 69% dos traumatismos crânio-encefálicos e 65% dos traumatismos da face. Isso acontece porque o capacete minimiza os efeitos causados por impacto contra a cabeça do usuário no momento do acidente. Mas é importante lembrar: a eficácia do capacete está ligada diretamente à sua utilização correta, ou seja, afivelado e com todos os seus acessórios e complementos. Vale ficar de olho! =)

Escolhendo o capacete ideal

Para garantir a eficácia do capacete, o ideal é escolher o melhor modelo para você. Por isso, separamos algumas dicas bem bacanas para adquirir o capacete ideal:

- O primeiro passo é comprar um capacete que tenha o selo do Inmetro, pois essa é a garantia de que ele foi testado de acordo com as normas estabelecidas por um órgão de certificação competente;

- Busque comprar capacetes com cores claras para facilitar a visibilidade;

- Na hora de experimentar o capacete, veja se ele se encaixa simetricamente na sua cabeça, não inclinando para trás;

- Jamais compre capacetes usados: ele pode ter sofrido pancadas ou acidentes e você não conseguirá perceber o dano.

E aí, gostou de saber mais sobre esse item feito para garantir proteção à todos os motociclistas? Então, compartilhe esse post com seus amigos, afinal, segurança nunca é demais!

Fonte: Blog Viver Seguro no Trânsito 

Aniversariantes Ver todos

SindsegSC - Rua XV de Novembro, 550 - Sala 1001 - CEP 89010-901 - Blumenau/SC - (47) 3322-6067 - Fale conosco
W2O Softwares para Internet

Melhore sua experiência de navegação:

O navegador que você está usando é ultrapassado e pode estar colocando seu computador em risco!
Recomendamos que você atualize seu navegador ou faça o download de navegadores modernos como os listados abaixo: você vai sentir a diferença!

Fechar Aviso