Sindseg SC

Fenaseg entrega documento ao presidenciável Geraldo Alckmin

25/09/2006
O presidente da Fenaseg, João Elisio Ferraz de Campos, entregou ao candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin, nesta terça-feira, 26, na Fenaseg, o documento O País, a Sociedade e o Mercado Brasileiro de Seguros, Previdência Complementar e Capitalização, elaborado pelos economistas Dionísio Dias Carneiro e Luiz Roberto Cunha, a partir de reuniões feitas com as principais lideranças do setor. Na ocasião, estavam presentes cerca de 100 pessoas, entre elas, representantes do mercado segurador, deputados e profissionais de segmentos que prestam serviços ao setor. O documento, que também está sendo entregue aos demais candidatos, contém propostas de políticas e ações públicas que, na visão das lideranças da indústria do seguro, são de interesse prioritário para o desenvolvimento social e econômico do País e, conseqüentemente, do mercado segurador. E está divido em duas partes. A primeira aborda a importância do setor do ponto de vista do desenvolvimento econômico e social, o seu papel na proteção de pessoas e patrimônios e na formação de poupança de longo prazo e traça um paralelo com outros países, onde fica evidente que todas as nações economicamente mais fortes ou socialmente mais justas apresentam uma característica comum: um mercado de seguros com destacada participação na formação do PIB. Na segunda parte, estão idéias, propostas e sugestões que, se adotadas, contribuirão para estimular o desenvolvimento da atividade seguradora. Na carta que acompanha o documento, João Elisio ressalta a urgência de se acelerar esse processo em vista dos inúmeros e inegáveis benefícios sociais e econômicos que trará ao País. E apresenta como única solução a reforma do Sistema Nacional de Seguros, com base em um único órgão regulador e fiscalizador para as atividades de seguros, previdência, capitalização e resseguro, e na mesma posição ocupada, no sistema, pelas demais instituições financeiras. O presidente da Fenaseg registra que os seguradores, como empresários e como cidadãos, unem-se ao clamor da sociedade por uma ampla reforma do Estado, capaz de resgatar a credibilidade dos poderes constituídos e a capacidade de investimento do governo, em todas as esferas, com redução de gastos e diminuição de seu peso sobre a sociedade. “Só assim será possível melhorar a saúde, a educação e a segurança, investir na infra-estrutura do País e mudar as condições sociais da população através de políticas e ações que promovam o desenvolvimento sustentado com ênfase na distribuição de renda e geração de empregos”, finaliza João Elisio na carta. Geraldo Alckmin disse que o seu compromisso maior, caso eleito, será com a agenda do crescimento. Na sua opinião não é o governo que gera emprego, mas sim os empreendedores. Daí a necessidade de se criar um ambiente favorável, por meio de regras estáveis, segurança jurídica, respeito a contratos etc. “Ainda não li o documento, mas acredito que temos que ter um mercado de seguros atuante, parceiro e forte. Tenham a certeza de que vou incorporar o documento ao meu programa de governo. Eu e João Elisio temos a mesma visão de mundo, que é a da eficiência”, afirmou o candidato. (Fenaseg)

Aniversariantes Ver todos

SindsegSC - Rua XV de Novembro, 550 - Sala 1001 - CEP 89010-901 - Blumenau/SC - (47) 3322-6067 - Fale conosco
W2O Softwares para Internet

Melhore sua experiência de navegação:

O navegador que você está usando é ultrapassado e pode estar colocando seu computador em risco!
Recomendamos que você atualize seu navegador ou faça o download de navegadores modernos como os listados abaixo: você vai sentir a diferença!

Fechar Aviso